Com as provas apresentadas hoje que um Hacker invadiu o sistema do TSE e chegou a acessar o software das urnas eletrônicas, o deputado Eduardo Bolsonaro disse que colhe assinaturas para uma CPI e deverá investigar os passos do que aconteceu e porque apagaram os logs de acesso.

Inquérito da PF mostra que a invasão ao sistema do TSE em 2018 foi muito grande, o hacker teve acesso inclusive ao código fonte das urnas.

A CPI terá que ter um terço da composição da Câmara e provavelmente deverá ser instalada, hoje o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, disse que não aceitará que o TSE legisle nesse sentido.

Inquérito em PDF abaixo para baixar

Fonte: Terra Brasil Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui