Mensagens nas redes sociais diziam que o cantor teria adquirido os direitos autoriais por R$ 700 mil29/10/2019, às 16:15

Nos stories do Instagram, o cantor negou a informação

Apesar de todo o sucesso do novo meme ‘Caneza azul’, do maranhense Manoel Gomes, o cantor Léo Magalhães negou, nesta terça-feira (29), que teria comprado os direitos da música. Mensagens divulgadas nas redes sociais diziam que Léo teria comprado a música por R$ 700 mil. Nos stories do Instagram, o cantor negou a informação.

“A gente deseja muito sucesso para o Manoel, que de uma semana para cá gravou a música cantando e todos nós artistas repostamos porque achamos muito interessante, a gente sabia que ia ser um grande sucesso e com certeza se transformou num grande sucesso”, esclareceu.

O cantor reforçou que o empresário também não procurou o dono do hit da internet para comprar os direitos, e reforçou que não gravará a música. No final do vídeo, ele ainda cantou um trecho da canção.

veja o vídeo abaixo

Registro

Diante do sucesso, Manoel Gomes registrou a música em cartório na cidade de Balsas (MA) para dar início ao processo de registro dos direitos autorais.

Caneta Azul

A música do maranhense Manoel Gomes virou meme e viralizou na internet. A história de uma pessoa que perdeu sua amada caneta azul foi publicada no Instagram, há cinco dias, e rumou para o sucesso.

Nas redes sociais, a hastag #CanetaAzul logo se popularizou e é fácil encontrar vários comentários sobre a música, que ganhou memes e reproduções dos usuários do Twitter.

Fonte TV Jornal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui