terça-feira, setembro 15, 2020
Curso
Início 2019 novembro

Arquivos Mensais: novembro 2019

Aos prantos, filho de Gugu carrega o caixão do próprio pai; imagem é de cortar coração

0

Nesta quinta-feira, 28 de novembro, aconteceu o velório do apresentador Augusto Liberato, o Gugu. A chegada do corpo do famoso foi marcada cheia de expectativa. O caixão de Gugu veio acompanhado de escolta. A família do apresentador veio junto à essa escolta, em uma van de cor branca.

A força de João Augusto no velório do próprio pai, Gugu

Nela, estavam a mãe e os filhos do apresentador. Entre eles, marcou a presença João Augusto, filho mais velho do comunicador. Ele apareceu chorando muito e foi consolado por amigos e parentes, que abraçaram João em diversos momentos. 

Mesmo diante de um momento de tanta dor, o primogênito de Gugu Liberato teve que ter forças para carregar o caixão do próprio pai. Imagens aéreas mostraram esse momento de grande dor entre a família.

Veja abaixo o vídeo que mostra João Augusto, de 18 anos, filho de Gugu, sendo amparado pelos presentes. Diversas emissoras flagraram João chorando bastante diante desse momento tão difícil em sua vida.

Já, a seguir, o leitor pode ver o momento em que João Augusto carrega o caixão do próprio pai. A imagem cortou o coração de milhares de pessoas, que acompanhavam essa triste despedida por diversas emissoras em todo o país. 

O velório de Gugu Liberato só será aberto ao público após o meio-dia. Populares poderão dar o último adeus ao apresentador da Record TV até às dez horas da manhã desta sexta-feira, 29, quando o corpo seguirá para um cemitério na cidade de São Paulo.  No local, também está enterrada outra famosa apresentadora, Hebe Camargo, que faleceu em virtude de uma parada cardíaca.

Com informações do 1News

Assinada na capital do Maranhão a Carta de São Luís pelos governadores do Consórcio da Amazônia Legal

0

Nesta quinta-feira, 28, foi assinada na capital do Maranhão a Carta de São Luís pelos governadores do Consórcio da Amazônia Legal, constituído por chefes do executivo dos estados da região amazônica. O documento contém propostas para o desenvolvimento sustentável da região e parcerias prioritárias, tendo como destaques a retomada do Fundo Amazônia junto ao Governo Federal e a criação do Comitê Regional para Parceria dos Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais.

Confira o vídeo e fique por dentro de mais informações sobre a reunião entre os governadores.

Fonte: Agência de notícias do governo do Maranhão

Professora de Vitorino Freire faz ataques racistas a apresentador de programa de TV Jota Luís

0

Na noite da última Terça-feira (26) um caso de injúria racial indignou torcedores, jogadores, comissões técnicas, organizadores, além de vereadores e secretários municipais de Vitorino Freire, durante uma partida de futebol do campeonato municipal.

A suspeita de desferir palavras pejorativas de cunho racista seria a professora Márcia Silva, lotada no Centro de Ensino Aparício Bandeira (antigo CEMA). A vítima se trata do Jornalista e âncora (apresentador de TV) José Luís Ferreiras (Jota Luís) que, na ocasião atuava como arbitro da partida.
O caso foi registrado na manhã de ontem (27) na Delegacia de Polícia Civil do município, onde a vítima foi ouvida pela Autoridade Policial. Contra a professora pesa a acusação de injúria racial, crime previsto no CP. O Jornalista afirmou que, passou a noite em claro, perplexo com os xingamentos, mesmo ingerindo medicamentos não conseguiu dormir, tamanho o choque psicológico. 
“Injúria Racial é ofender alguém com base em sua raça, cor, etnia, religião, idade ou deficiência. O Código Penal, em seu artigo 140, descreve o delito de injúria, que consiste na conduta de ofender a dignidade de alguém, e prevê como pena, a reclusão de 1 a 3 anos e multa.”
É lamentável que casos de racismo ainda ocorram no cotidiano, nas práticas esportivas e demais convívios sociais, onde indivíduos geralmente bem colocados na sociedade, se achem no direito de ofender às pessoas. Especificamente no caso, a professora que, deveria servir de bom exemplo, mostra como um cidadão, jamais deve se comportar, no tocante ao trato com seu semelhante.
A prefeitura de Vitorino Freire, por meio da Secretaria de Esportes emitiu nota repudiando a atitude da professora e lamentando profundamente o episódio. Outras autoridades também manifestaram repúdio ao ato de racismo qualificado. Quem também deveria se manifestar seria a Secretária de Educação do Município, por se tratar de uma agente pública vinculada a pasta. 
Entidades ligadas ao esporte, como federações de arbitragens devem emitir notas em solidariedade ao profissional que, compôs o quadro da FMF, entre outras.
Em tese, a autora deverá responder aos rigores da Lei, inclusive deveria ser desligada das funções, passar por reciclagem, para entender que, o racismo jamais deve ser amplificado, deve ser combatido, eliminado das escolas, onde mestres servem de espelho aos alunos.
Veja abaixo, o B.O e a nota de repúdio:

Fonte: Mearimnet

Homem que agrediu meninas é preso pela Polícia Civil

1

A Polícia Civil prendeu o homem de 47 anos que viralizou na internet após gravar um vídeo agredindo três crianças. A prisão aconteceu nesta quinta-feira (28), pela Polícia Civil de Indaial. De acordo com o Delegado João Cunha Neto, a prisão aconteceu cerca de uma hora após a justiça decretar a prisão preventiva do homem.

O homem foi encontrado na casa de parentes, no bairro Itoupavazinha, em Blumenau e encaminhado à Unidade Prisional Avançada (UPA), de Indaial, onde aguardará o andamento do processo.

Ele admitiu aos policiais que estava escondido com medo da reação das pessoas na comunidade.

O homem deve ser acusado por crime de tortura e lesão corporal. Em 2014, ele já havia respondido por uma acusação de ameaçar a então esposa.

Segundo as meninas, foi a primeira vez que o pai agrediu uma delas. No vídeo, o homem aparece deitado em uma cama, dando vários tapas no rosto de duas das meninas, uma delas com um bebê no colo – a terceira teria sido obrigada a filmar a cena. O vídeo, encaminhado originalmente para a mãe das meninas, acabou viralizando nas redes sociais e virou caso de polícia.

Veja o vídeo abaixo onde o agressor agride as meninas

Com informações do Jornal Razão

HOMEM É PRESO EM PIO XII POR TRÁFICO E TENTATIVA DE SUBORNO

0

Nesta noite (27) foi preso no bairro Vila Esperança, em Pio XII-MA Francisco Costa e Antonio dos Santos. Durante rondas de rotina a GUARNIÇÃO Alpha sob o comando do Sargento Viana, se depararam com ( Francisco, 1° Conduzido ) e ao ser feito uma revista pessoal no mesmo, foi encontrado em poder dele a quantia de 03 envolucro de uma substância similar ao crack e 01 Cachimbo artesanal, ao ser indagado pela GUARNIÇÃO onde o mesmo teria comprado a droga, Francisco informou a GUARNIÇÃO o suspoto local onde teria comprado segundo ele, 09 envolucro da substância, de imediato a GUARNIÇÃO se deslocou até o local informado, chegando na residência do 2° Conduzido e com a autorização do mesmo, foi feito uma busca em sua residência e encontrado no quintal de sua casa a quantia de aproximadamente 25 gramas de uma substância similar ao Crack.

Materiais apreendidos

× 25 Gramas de Crack
× 10 Auto falantes
× 02 Nootbook
× 01 Câmera Fotográfica digital.
× 4.100,00 reais em dinheiro trocado, dinheiro da tentativa do suborno.
× 357,00 em dinheiro trocado da venda de crack.

Após tais fatos o mesmo tentou SUBORNAR a GUARNIÇÃO com a quantia de R $ 4.100,00 quatro mil e cem reais, para que fosse solto, veja detalhes no vídeo abaixo de como foi a ação.

Os conduzidos juntamente com os matérias apreendidos, foram apresentados na Regional de Santa Inês sem lesões corporal para as medidas cabíveis .

GUARNIÇÃO:
2° SGT. VIANA
SD. PM ANDRADE.
SD. PM COSTA .

POLÍCIA MILITAR A SERVIÇO DA COMUNIDADE

Polícia procura por covarde que agrediu e torturou as filhas para se vingar da mãe delas

0

O caso foi registrado em Santa Catarina, o fato ocorreu no final da tarde do dia (26), de acordo com informações, ele também é suspeito de abusar de suas filhas, o homem fazia isso com as meninas para vingar-se de sua ex-mulher por não aceitar o fim do relacionamento. A polícia está a procura do indivíduo, se você tiver alguma informação chame a polícia.

O homem foi identificado até o momento como Carlos Aimar, é o pai das crianças e é também responsável pelas agressões, como todos que tiveram acesso ao video que circulava pelo Whatsapp viram.

Parte que o agressor agride o rosto da adolescente

Neste momento ele está foragido. As crianças foram levadas para a delegacia de polícia local, onde foram acolhidas por policiais civis e militares, o Conselho Tutelar está cuidando das crianças e fornecendo ajuda psicológica.

Ambas estão num lugar seguro neste momento. Um inquérito policial foi aberto e continua em Segredo de Justiça.

Aqui é a outra Jovem começa a chorar também

“É apenas uma questão de tempo até que eles encontrem esse criminoso! O mais importante é a vida e a segurança das crianças”, disse um dos policias.

O acusado tinha publicado o vídeo, mas foi retirado do ar pelo Facebook por causa dessa violência.

Veja o vídeo abaixo

Fonte: Mceara

Polícia prende homem agressor de meninas veja abaixo mais detalhes

Homem é preso em Pio XII-MA por Cultivar pé de Maconha no quintal de casa

0

Estado do Maranhão
Secretaria de Estado da Segurança Pública
Polícia Militar do Maranhão
C.P.A.I/8
7° Batalhão de Polícia Militar do Maranhão
2a Companhia de Policiamento

Cmt da Cia: Tenente Castelo Branco
Cmt do Destacamento- 2° Sgt. Viana.
Telefone da VTR: (98) 991444296


Nesta terça-feira (26) a polícia militar de Pio XII sob o comando do Sargento Viana prende Flavio José Silva da Silva residente na rua Jansen Veloso no Centro de Pio XII-MA por cultivo de inúmeros pés de maconha.

Após várias denúncias por parte da vizinhança de que o conduzido estaria Cultivando Maconha no quintal de sua residência, foi feito o deslocamento da GUARNIÇÃO até o local informado e chegando no local á GUARNIÇÃO constatou no quintal da residência de Flávio, vários Pés de Maconha de todos os tamanhos, logo em seguida Flávio foi conduzido para á Delegacia da PC em Pio XII para as medidas cabíveis.

Obs: Sem lesões corporais.

GUARNIÇÃO:
2° SGT. VIANA
SD. PM ANDRADE.
SD. PM COSTA .

POLÍCIA MILITAR A SERVIÇO DA COMUNIDADE

Motociclista é atingido em cheio por poste em Vitória do Mearim – MA

0

Nesta segunda-feira (25), um motociclista foi atingido por um poste quando uma árvore estava sendo derrubada ás margens da MA 014, que da acesso a Baixada Maranhense em Vitória do Mearim.

O motociclista identificado como José Neres, morador da comunidade de João Diogo passava na MA 014, no momento da queda da árvore que arrastou um poste que logo atingiu a cabeça de José, fazendo com que ele viesse a cair da motocicleta, deixando o mesmo desacordado no asfalto. Pra segurança do motociclista ele estava usando capacete o que salvou sua vida, deixando o mesmo apenas com escoriações devido a queda no asfalto.

Veja o vídeo abaixo do acidente

Com informações do Blogue Francisco Vale

Veja também

Líderes partidários se reunirão com Moro para discutir prisão em 2ª instância

0

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e líderes partidários se reúnem nesta terça-feira (26) com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, para tratar da votação de projeto que estabelece a prisão de condenados após decisão em segunda instância. A reunião será às 9h, na residência oficial da Presidência do Senado.

Também participarão do encontro, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e os presidentes da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) das duas Casas do Legislativo, senadora Simone Tebet (MDB-MS) e deputado Felipe Francischini (PSL-PR).

Debate adiado

Um projeto sobre o tema (PLS 166/2018) está na pauta da reunião de quarta-feira (27) da CCJ. Moro havia sido convidado a participar de audiência pública na comissão, mas o debate, solicitado pelo senador Humberto Costa (PT-PE), foi adiado.

Além de Moro, eram esperadas na comissão as presenças do jurista Ives Gandra da Silva Martins, do defensor público-geral do Rio de Janeiro Rodrigo Baptista Pacheco e do presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz. Também foram convidados para a audiência o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Herman Benjamin e o chefe da Assessoria de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça e Segurança Pública,Vladmir de Freitas.

Projeto

O texto em discussão na CCJ é um substitutivo da senadora Juíza Selma (Podemos-MT), construído a partir de conversas de senadores com o ministro.

Atualmente o artigo 283 do Código de Processo Penal (CPP) prevê que a prisão só poderá ocorrer “em decorrência de sentença condenatória transitada em julgado” ou, durante a investigação ou processo, de forma cautelar (temporária ou preventiva).

Na versão apresentada no colegiado, essa prisão poderia acontecer “em decorrência de condenação criminal por órgão colegiado ou em virtude de prisão temporária ou preventiva”. O projeto também altera a redação de outros trechos do CCP para permitir que o tribunal determine execução provisória de penas privativas de liberdade sem prejuízo do conhecimento de recursos que venham a ser apresentados. Na prática, isso abre a possibilidade para a prisão após condenação em segunda instância.

Fonte: Agência Senado

Veja também

c

Governo anuncia medidas de enfrentamento à violência contra a mulher

0

“Nós temos que criar meios para dissuadir os agressores”, disse o presidente

No dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra a Mulher, o Governo Federal anunciou medidas para coibir o problema. Entre elas, campanha para sensibilizar, esclarecer e convocar os brasileiros para uma união nacional contra o crime.

“Nós temos que criar meios para dissuadir os agressores. Criar normas, leis, que os façam sentir, que os façam cada vez mais se arrependerem dos seus atos. É uma política que continua, que se acelera em nosso governo”, disse o presidente da República, Jair Bolsonaro.

Maria (nome fictício) tem uma história de violência doméstica e resolveu que o melhor era falar e denunciar seus agressores. Aos 46 anos, com três filhos, Maria não ficou calada. No primeiro relacionamento, disse que o filho foi testemunha na delegacia. No segundo, embora não tenha sofrido violência física, contou que foi extorquida e saqueada. Já no terceiro relacionamento, Maria acreditou no futuro sem agressões.

“Conheci um homem que não bebia e achei que era o homem da minha vida. Com três meses, comecei a ver indícios. Já tenho idade pra saber o que é bom pra mim. Mas, quando tentei sair, comecei a sofrer agressões físicas de andar toda roxa no condomínio e ele confiscou meu telefone”. Ela contou que durante os anos aprendeu a se valorizar, denunciou o ex-parceiro e busca novos caminhos na vida.

Maria não é exceção. No Brasil, 536 mulheres são agredidas fisicamente por hora; 66% das mulheres, entre 16 e 24 anos, sofreram algum tipo de assédio no último ano; 70% das agressões ocorrem dentro de casa; e 65% dos agressores são os próprios parceiros ou ex. 

Medidas de enfrentamento à violência

Ministra Damares Alves/ Foto: Marcos Corrêa/PR

No Palácio do Planalto, a ministra da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, anunciou que a partir de janeiro do ano que vem todas as delegacias do país também serão delegacia da Mulher. Segundo a ministra, só 9% dos municípios brasileiros possuem delegacia da Mulher, e 19% algum órgão de defesa da mulher.

“Vamos capacitar todos os agentes de delegacias do Brasil. Vamos capacitar todos os delegados. Nem que seja uma salinha pequenininha, todas as delegacias do país estarão capacitadas para receber mulheres”, explicou.

Novidade também no Ligue 180. A partir de janeiro de 2020, o canal irá ter serviço por videoconferência para atender também às mulheres surdas. Já o programa Salve uma Mulher vai capacitar profissionais de diferentes áreas para reconhecer e ajudar uma mulher vítima de violência. De acordo com a ministra, serão qualificados 340 mil agentes de saúde, 106 mil agentes dos Correios, 30 mil conselheiros tutelares, 1.722 defensores públicos da União e 400 mil médicos. “Em três anos, serão quatro milhões de pessoas”, disse a ministra.

Campanha

Para que mais mulheres denunciem abusos, maus tratos e qualquer tipo de violência, a Secretaria Especial de Comunicação (Secom) lançou, nesta segunda-feira (25), a Campanha de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher 2019.  Com a hashtag #vctemvoz, a campanha quer incentivar as mulheres a não se calarem em caso de agressões, acionando a Central de Atendimento à Mulher, Ligue 180.

Várias peças publicitárias serão veiculadas em canais de TV, rádio e redes sociais. A dupla de cantoras Simone e Simaria estampa a campanha com a música Amor que Dói:

“Por muito tempo eu fiquei calada mesmo vivendo tanta coisa errada; um pesadelo que não tinha fim, sempre era assim. E essa rosa agora não adianta nada. Mais uma vez, sua desculpa não apaga as marcas dessa dor, que você deixou. (…) Amor que dói não é amor”, diz a música.

Ligue 180

O Ligue 180 funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana, no Brasil e em outros 16 países: Argentina, Bélgica, Espanha, EUA (São Francisco e Boston), França, Guiana Francesa, Holanda, Inglaterra, Itália, Luxemburgo, Noruega, Paraguai, Portugal, Suíça, Uruguai e Venezuela. O serviço também é oferecido por e-mail (ligue180@mdh.gov.br), Ouvidoria Online e pelo aplicativo Proteja Brasil. A ligação é gratuita e confidencial.

Com informações do portal GOV.BR

VEJA TAMBÉM